jusbrasil.com.br
30 de Março de 2020

O Monitoramento no Programa de Compliance

Julia Dutra S Magalhaes, Advogado
há 10 meses

Agora que você já sabe como funciona grande parte do Programa de Compliance, imagine uma empresa que optou por implantá-lo: identificou os riscos da empresa em cada operação e em relação aos terceiros, elaborou o Código de Ética e as Políticas, treinou os funcionários e alinhou a comunicação. Excelente!

Mas e agora? Como saber se o Programa está atingindo o objetivo pelo qual instituído?

Para responder a esta pergunta vamos pensar na frase de Deming, guru da administração: “Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende e não há sucesso no que não se gerencia.”

Em outras palavras, a ferramenta que o Compliance traz pilar para que seja possível MEDIR a efetividade do Programa é através da auditoria e do monitoramento.

Medindo, levantamos informações e monitorando é que se torna possível avaliar de forma constante e manter no radar os riscos identificados, a fim de verificar se estão minimizados ou controlados, além de identificar se novos riscos surgiram. O monitoramento constante possibilita analisarmos o comprometimento dos colaboradores e da alta gerência para com o Programa, medindo os ruídos na comunicação.

Destacamos que é interessante para as empresas que implantam o Programa que mantenham um comitê ativo de Compliance, auditando sempre forma independe, a fim de reforçar a integridade do Programa e manter a isenção na coleta e análise dos dados.

Finalmente, para que a própria auditoria não se perca no Programa, é importante que se defina a periodicidade que será feita, deixando implícito que o monitoramento é feito de forma permanente e por todos da empresa.

Não devemos esquecer que o Programa precisará ser ajustado e corrigido sempre que for avaliada a necessidade de ajustes, a fim de mantê-lo atualizado e vivo com a nova cultura de empresa.

Julia Dutra S Magalhães é Advogada pós-graduada, consultora em Compliance, especialista em análise e Gerenciamento de Risco .

&

Poliana Carnielli, é Psicóloga pós-graduada, Especialista em RH e Consultora em Desenvolvimento Organizacional;

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)